ATENDIMENTO 0800 0555 195 Serviços, Sugestões, Denúncias ou Informações Ligar Fechar

Embasa irá iniciar as obras da terceira etapa do SIAA do Algodão

O governador do Estado, Rui Costa, assinou nesta quarta-feira (2), ordem de serviço para o início das obras da terceira etapa do Sistema Integrado de Abastecimento de Água do Algodão. Com investimentos aproximados de R$ 29 milhões, o empreendimento levará água para Lagoa Real e o distrito de Ibitira (Rio do Antônio) a uma distância aproximada de 210 quilômetros da captação no rio São Francisco. 

“Esta é a última etapa dessa obra que traz água do Rio São Francisco para abastecer a região. Com isso, várias comunidades passarão a ser atendidas com água potável e mais qualidade de vida”, destacou o governador.

O projeto prevê a implantação de mais 75 quilômetros de adutora. Com isso, cerca de 67 mil imóveis passarão a ser atendidos com a água fornecida pela Embasa nos municípios de Malhada, Iuiu, Palmas de Monte Alto, Matina, Candiba, Guanambi, Caetité, além de Lagoa Real e Ibitira (Rio do Antônio). 

Em funcionamento desde 2012, o SIAA do Algodão transformou a realidade do território Sertão Produtivo da Bahia quando, na entrega da primeira etapa, conseguiu trazer água tratada do rio São Francisco, restabelecendo a disponibilidade de água para abastecimento em Guanambi e outros seis municípios que sofriam com a escassez hídrica na região. Após a conclusão da segunda etapa em 2016, o SIAA do Algodão passou a atender aproximadamente 64 mil ligações, beneficiando 290 mil pessoas em nove municípios com água boa e em quantidade suficiente durante todo o ano.     

O SIAA do Algodão é composto por uma estação de tratamento construída na localidade de Julião, no município de Malhada, com capacidade para tratar e distribuir 32,4 milhões de litros de água por dia ou 480 litros por segundo. O SIAA também conta com aproximadamente 350 km de tubulações de diversos diâmetros, nove grandes reservatórios e 15 estações elevatórias responsáveis por bombear a água desde a estação de tratamento até as cidades e localidades rurais atendidas. Para colocar em funcionamento este equipamento, o Governo do Estado, por meio da Embasa, e a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) investiram cerca de R$190 milhões.    

A entrega desta infraestrutura garantiu uma fonte segura de abastecimento de água para a região e assegurou que os municípios pudessem receber novos investimentos, indústrias e desenvolvimento. 

Com informações da Secom.

Foto: captação no rio São Francisco

voltar
Empresa Baiana de Água e Saneamento S.A.

4ª Avenida, 420, Centro Administrativo da Bahia - CAB, 41745-002, Salvador, Bahia, Brasil

Telefone 0800 0555 195