ATENDIMENTO 0800 0555 195 Serviços, Sugestões, Denúncias ou Informações Ligar Fechar

Região de Irecê recebeu R$ 275 milhões em investimentos para melhoria e ampliação do acesso ao serviço de abastecimento de água   

O trabalho da Embasa para ampliar o acesso aos serviços de água e esgoto foi intensificado há cerca de 14 anos com as ações do Programa Água Para Todos do Governo do Estado. Na região de Irecê, de 2007 até agora, foram investidos R$ 275 milhões em obras de saneamento. A mais importante delas, o Sistema Adutor do São Francisco, foi inaugurada em 2013 e representou um investimento da ordem de R$ 188 milhões.

Construída em três etapas, entre os anos de 2010 a 2013, a Adutora do São Francisco trouxe a garantia da continuidade do serviço de abastecimento de água para 16 municípios, já que o antigo manancial utilizado pela Embasa para abastecimento humano – a Barragem de Mirorós, apresentava um iminente colapso com níveis de armazenamento muito abaixo do esperado, consequência das longas estiagens na região.

Com o Programa Água para Todos também foram feitos investimentos da ordem de R$ 24 milhões para implantar o Sistema Integrado de Abastecimento de Água de Mulungu do Morro, que também atende a sede de Souto Soares. Com o recurso, foram construídas a Barragem do Rio Tijuco e uma estação de tratamento de água, bem como grandes adutoras que levam água aos dois municípios do semiárido.

Investimentos com recursos do Funcep (Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza) integraram comunidades rurais ao sistema de distribuição da Adutora do São Francisco, garantindo o abastecimento de seus habitantes com água tratada de boa qualidade. Com aproximadamente R$ 6,5 milhões, foram beneficiados 18 povoados e distritos nos municípios de Cafarnaum, Canarana, Barro Alto e Itaguaçu da Bahia.

“Sem dúvidas, a implantação da Adutora do São Francisco, foi um marco para a região de Irecê. Graças a esse investimento, foi possível levar água de boa qualidade para mais localidades dessa região semiárida da Bahia com escassos recursos hídricos em seu território.”, explica o diretor de Operação do Interior, José Ubiratan Cardoso.   

Investimentos continuam  

Atualmente, a empresa está duplicando adutoras para ampliar a capacidade de distribuição em localidades com dificuldades operacionais, como o distrito de Salobro, em Canarana, onde a obra está em andamento e contempla a implantação de 18 quilômetros de adutora de água tratada. O investimento é da ordem de R$ 2,3 milhões e vai melhorar a prestação do serviço de abastecimento de água para cerca de 10 mil habitantes.

Localidades do município de Lapão e Ibititá serão beneficiadas com a substituição de três quilômetros de adutora. Nestes locais, a Embasa enfrenta dificuldades para regularizar o abastecimento por conta de constantes quebramentos. A obra será iniciada neste primeiro semestre e vai atender 21 localidades de Lapão e três de Ibititá, uma população estimada em 13,5 mil habitantes ao longo do sistema.

Nos municípios de Mundo Novo e Mairi, as comunidades de Umbuzeiro e Alto Bonito, e Angico, respectivamente, foram atendidas com a implantação de 30 quilômetros de adutora e, agora, estão sendo abastecidos pela Barragem do França. O empreendimento representou investimento de aproximadamente R$ 3 milhões.

Em São Gabriel, também está prevista para este semestre a substituição de dois quilômetros de adutora para melhorar o abastecimento no povoado de Gameleira. A intervenção vai atender a 3,2 mil moradores da localidade com um abastecimento de água mais regular. 

voltar
Empresa Baiana de Água e Saneamento S.A.

4ª Avenida, 420, Centro Administrativo da Bahia - CAB, 41745-002, Salvador, Bahia, Brasil

Telefone 0800 0555 195