Polícia e Embasa descobrem “gato” de água abastecendo um bar em Matatu de Brotas

Em mais uma operação de combate a fraude no consumo de água, técnicos da Embasa, acompanhados de policiais civis, militares e do Departamento de Polícia Técnica, encontraram, nesta quinta-feira (2), uma ligação clandestina abastecendo um bar na Rua Dr. Antônio Martins, no bairro de Matatu de Brotas, em Salvador. 

A tubulação irregular estava instalada dentro da caixa onde normalmente ficaria instalado o hidrômetro. “A fraude foi retirada. A Embasa irá calcular o prejuízo causado e o valor da multa a ser cobrada do estabelecimento”, informou o gerente comercial da Embasa, Israel Martins.

A Polícia Técnica coletou provas que serão relatadas no inquérito policial e um auto de infração foi entregue por polícias militares ao responsável pelo bar, que será intimado para depor na 6ª Delegacia Territorial de Polícia, em Brotas.

Além dos casos suspeitos, identificados por meio das análises de consumo e do cruzamento de dados no sistema comercial, a empresa conta com o apoio da população, que pode denunciar sigilosamente as situações de fraude pelo 0800 0555 195.

Crime contra o patrimônio | O furto de água é qualificado como crime contra o patrimônio, de acordo com o artigo 155 do Código Penal Brasileiro, cujo parágrafo 3º, ao tratar de furtos, equipara “à coisa móvel a energia elétrica ou qualquer outra que tenha valor econômico”. A pena prevista na lei é reclusão de um a quatro anos e multa.

voltar
Compartilhe
nas redes sociais
Empresa Baiana de Água e Saneamento S.A.

4ª Avenida, 420, Centro Administrativo da Bahia - CAB, 41745-002, Salvador, Bahia, Brasil

Telefone 0800 0555 195
Visite-nos