EMBASA

Notícias

17/07/2017

Cobertura do serviço de esgoto é ampliada em Barreiras


A partir da conclusão da ampliação do sistema de esgotamento sanitário, no ano passado, a Empresa Baiana de Água e Saneamento (Embasa) passou a investir na execução das ligações de imóveis à rede coletora implantada nos bairros de Barreiras. Somente no último ano, de abril de 2016 até maio de 2017, foram interligados 8.774 novos imóveis ao sistema que coleta e trata os efluentes domésticos da cidade. A ação proporcionou que a cobertura alcançasse 60% da sede municipal, com um total de 28,5 mil imóveis beneficiados com a prestação do serviço.

Foram investidos R$ 4,3 milhões, com recursos próprios, na implantação de ramais prediais (estrutura de rede entre a caixa de inspeção e a rede coletora principal) e das caixas de inspeção, que ficam localizadas nas calçadas. “Embora a obra tenha sido finalizada, estamos trabalhando no adensamento para que novos imóveis sejam interligados à rede. Para este ano, a previsão é que sejam investidos mais R$ 4,1 milhões para aumentar a cobertura do serviço onde o sistema já está em operação”, explica o gerente regional da Embasa, Francisco Araújo Andrade.

De acordo com a lei estadual nº 7.307/98 e decreto estadual nº 7.765/00, o proprietário ou morador é obrigado a fazer a ligação do seu imóvel à rede coletora de esgoto, no prazo máximo de 90 dias, a partir da data em que for comunicado de que o equipamento público se encontra disponível. O usuário também é orientado a escoar as águas das chuvas dos quintais das casas para um sistema próprio de drenagem, caso exista, ou diretamente para a via pública. A tarifa de esgoto é de 80% sobre o valor do consumo de água.

Desde que a obra de ampliação do sistema de esgotamento sanitário começou a funcionar em fase de testes, em 2014, a cobertura avançou gradativamente de 8% para 60% na sede municipal. Inaugurada no final do ano passado pelo governador da Bahia, Rui Costa, a ampliação e modernização do antigo sistema contaram com investimento total de R$ 113,3 milhões, sendo R$ 74,5 milhões com recursos FGTS/Caixa Econômica Federal, e R$ 38,8 milhões com recursos próprios da Embasa, que garantiram a construção de uma nova estação de tratamento de esgoto, cinco estações elevatórias (estrutura para bombeamento dos esgotos) e ampliação de 261 quilômetros de rede para 30 novos bairros, a exemplo do Centro Comercial, Sandra Regina, Santa Luzia e Vila Rica.

 

Empresa Baiana de Águas e Saneamento S.A. - Embasa

4ª Avenida, 420, Centro Administrativo da Bahia - CAB, 41745-002, Salvador, Bahia, Brasil

0800 0555 195

Recomendamos Internet Explorer 7 ou superior e Mozilla Firefox 2.5 ou superior Resolução mínima 1024 X 768.
© Copyright 2010. Todos os Direitos Reservados

Governo da Bahia