EMBASA

Notícias

09/03/2018

Água de reúso é utilizada para irrigação de área verde em hotel no Litoral Norte baiano


 

Sempre em busca de soluções e medidas que promovam o uso racional da água, a Embasa está finalizando, neste mês de março, a implantação de um sistema piloto para tratamento de efluentes (esgotos após a retirada de resíduos sólidos) e sua posterior utilização na irrigação de áreas verdes do Resort Iberostar, no Litoral Norte da Bahia. O sistema, que tem capacidade para tratar uma vazão de mais de 2,5 milhões de litros de efluentes por dia, está funcionando em fase de testes.

Segundo o diretor de Operação para a Região Metropolitana de Salvador (DM), Carlos Ramirez, a reutilização da água para fins menos nobres, que não sejam o abastecimento humano, é uma tendência para a qual as companhias de saneamento devem ficar cada vez mais atentas. “Reutilizar a água, nestes casos, traz como principal vantagem o fato de não gastar água potável com atividades que não demandam, necessariamente, este tipo de recurso. Além de preservar o meio ambiente, a utilização da água de reúso traz economia financeira, uma vez que o custo de tratamento, nestes casos, é menor do que para o tratamento da água potável", afirma Ramirez.

No complexo hoteleiro Iberostar, a Embasa opera, desde 2006, a estação de tratamento de esgoto (ETE) Iberostar, que atende a localidades de Imbassaí, conhecido destino turístico da região, e os complexos hoteleiros Iberostar e Grand Palladium, todos situados no município de Mata de São João. Janaína Santos, gerente da Unidade Regional de Camaçari (UMC), explica que a ETE adota processos de floculação, decantação e filtração, removendo matéria orgânica nociva, sólidos suspensos e sedimentáveis, além de eliminar o excesso de substâncias patogênicas. “As etapas de tratamento são necessárias para garantir um padrão de qualidade ideal a ser utilizado na agricultura e irrigação. O efluente tratado, inclusive, é rico em nutrientes necessários para o desenvolvimento de plantas”, destrincha Janaína.

Carlos Ramirez reforça que a ação acaba refletindo diretamente na economia de água potável. “Estamos evitando que sejam retirados cerca de 2,5 milhões de litros de água do meio ambiente todos os dias, já que esta demanda do complexo hoteleiro será atendida com a água de reúso. A tendência é que se utilize cada vez mais o efluente tratado para o reúso da água, reduzindo o consumo da água fornecida pela rede de abastecimento. Após a implantação deste sistema-piloto, a ideia é ampliar a iniciativa para outras estações de tratamento de esgotos do Litoral Norte”, prevê.

Empresa Baiana de Águas e Saneamento S.A. - Embasa

4ª Avenida, 420, Centro Administrativo da Bahia - CAB, 41745-002, Salvador, Bahia, Brasil

0800 0555 195

Recomendamos Internet Explorer 7 ou superior e Mozilla Firefox 2.5 ou superior Resolução mínima 1024 X 768.
© Copyright 2010. Todos os Direitos Reservados

Governo da Bahia